Registro de Domínios Como Funciona e Sua Função

Registro de Domínios Como Funciona e Sua Função

Registro de domínios como funciona e sua função. .br (Brasil) é o domínio de topo para país (ccTLD) delegado ao Brasil na Internet. Em 2013, ele é um dos 10 códigos de país com maior número de registros, com mais de 3 milhões de nomes de domínios.

Histórico

Criado e delegado ao Brasil em 1989 por Jon Postel, o domínio era, inicialmente, operado de forma manual pelo Registro.br e administrado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Essencialmente, apenas pesquisadores e as instituições às quais eles pertenciam tinham interesse e condições em se integrar à nova rede e, portanto, em registrar um domínio sob o .br. Na época, as redes predominantes no cenário acadêmico brasileiro eram a BITNET (Because It’s Time NETwork), a HEPnet (High Energy Physics Network) e a UUCP (Unix-to-Unix Copy Program). Assim, antes mesmo da conexão brasileira à Internet, que se daria em 1991, o domínio foi utilizado para identificar as máquinas que participavam das redes já utilizadas pelos acadêmicos.

Em 1995, o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) foi criado para, entre outros objetivos, coordenar a atribuição de endereços Internet (IPs) e o registro de nomes de domínios .br. O DNS (Domain Name System) brasileiro que, em 1996, começava o ano com 851 domínios registrados, experimentava um crescimento vertiginoso com a chegada em massa de empresas, provedores e mídia à Internet. O sistema de registro foi automatizado em 1997 e contou com desenvolvimento interno de software aberto. Em 2005, o CGI.br criou seu próprio braço executivo, o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), que exerce atualmente tanto a função administrativa quanto operacional dos registros.

Registro de domínios

Para registrar quaisquer domínios sob o .br, é necessário entrar em contato com o Registro.br. Entidades legalmente estabelecidas no Brasil como pessoa jurídica (instituição) ou física (profissional liberal e pessoas físicas) que possua um contato em território nacional podem registrar domínios. Empresas estrangeiras que possuam um procurador legalmente estabelecido no Brasil também podem fazê-lo, seguindo regras específicas. O registro de domínios com caracteres especiais em português (à, á, â, ã, é, ê, í, ó, ô, õ, ú, ü e ç) é aceito desde 2005.

Veja Mais Sobre O Registro de Domínios!

Regras sintáticas do Registro .br

Tamanho mínimo de 2 e máximo de 26 caracteres, não incluindo a categoria, por exemplo: no domínio XXXX.COM.BR, esta limitação se refere ao XXXX.

Caracteres válidos são [A-Z; 0-9], o hífen e os seguintes caracteres acentuados : à, á, â, ã, é, ê, í, ó, ô, õ, ú, ü, ç.

Não pode conter somente números.

Para fins de registro, estabelece-se uma equivalência na comparação de nomes de domínio. O mapeamento será realizado convertendo-se os caracteres acentuados e o cedilha, respectivamente, para suas versões não acentuadas e o “c”, e descartando os hifens. Somente será permitido o registro de um novo domínio quando não houver equivalência a um domínio pré-existente, ou quando o solicitante for a mesma entidade detentora do domínio equivalente. (Curtiu as informações de registro de domínios como funciona e sua função) Curta-Nos No Facebook!

About the Author
Unionfor Web
Criação Desenvolvimento e Marketing Digital Para Empresas

Leave a Reply